Dicas para se estabelecer nos EUA como imigrante e documentos necessários

Entenda quais tipos de visto são destinados à quem deseja viver em território americano e quais documentos para imigrantes você vai precisar!

Morar nos Estados Unidos é o sonho de milhares de brasileiros que veem na terra do Tio Sam um mar de oportunidades para se estabelecer, ascender financeiramente e conquistar o sonho de ter uma vida melhor. 

No entanto, engana-se quem pensa que imigrar para os EUA legalmente e conseguir o tão famoso Green Card é uma tarefa fácil. 

Na verdade, trata-se de um processo burocrático, que leva tempo e, em alguns casos, exige uma grande disponibilidade financeira e documentos para imigrantes específicos. 

Ainda sim, existem algumas formas de viver em território estrangeiro – mesmo que por tempo determinado – e é justamente sobre isso que vamos falar no conteúdo de hoje. Acompanhe!

O que é preciso para morar nos EUA legalmente em questão de documentos para imigrantes? 

Antes de mais nada, é preciso esclarecer que mesmo para visitar os Estados Unidos ou ainda que para realizar uma conexão no país é preciso solicitar um visto às autoridades competentes. 

Quem controla a entrada de brasileiros nos EUA é o Consulado Geral dos Estados Unidos da América, que fica responsável por analisar o perfil dos solicitantes e definir se estão aptos ou não para ter o visto aceito. 

Atualmente, existem diversos tipos de visto e, para saber qual o mais indicado para o seu caso, é necessário compreender seus objetivos no exterior, bem como o tempo que pretende morar fora do país. 

Morar por tempo determinado 

Se a sua ideia é viver nos Estados Unidos por um tempo pré-determinado, você pode optar por solicitar os seguintes tipos de visto:

Visto estudante

Também denominado como visto F1, o visto de estudante é destinado a quem busca viver uma experiência de intercâmbio, seja ele cultural ou estudantil (graduação, pós-graduação e afins). 

O tempo de permanência é normalmente atrelado ao curso e instituição em que o solicitante está matriculado, podendo se estender até 4 anos, dependendo do período associado à escola. 

Visto de trabalho 

O visto de trabalho H2-B é normalmente solicitado em conjunto com o empregador, que pode solicitar tanto a transferência de executivo – de um escritório no Brasil para uma sede nos Estados Unidos – quanto para uma nova contratação – destinada a profissionais especializados (visto H1-B). 

Morar por tempo indeterminado

Já se o seu objetivo é viver nos Estados Unidos de forma permanente – ou pelo menos por tempo indeterminado – a única saída é conquistar o tão famoso Green Card. 

Com o US Permanent Resident Card (“Cartão de Residência Permanente dos Estados Unidos”) você poderá residir livremente no país, além de obter praticamente todos os direitos de um cidadão americano. 

No entanto, existem apenas algumas formas de consegui-lo: 

Visto de investidor

A participação societária em empresas estadunidenses que empregam no mínimo 10 norte-americanos também garante um visto de investidor que te permite morar nos EUA.  

Vide a regra, é preciso investir US $500 mil em regiões menos desenvolvidas e US $900 mil em grandes centros.

Parentesco

Caso tenha algum familiar norte-americano, o mesmo poderá solicitar o Green Card para te garantir a permanência no exterior. Contudo, o processo é moroso e pode levar até 8 anos para finalmente ser concluído.

Casamento

Casar-se com um cidadão ou cidadã americana também te dá o direito de garantir residência permanente na terra do Tio Sam. 

No entanto, é preciso comprovar um relacionamento estável e sólido por longos meses, pois as autoridades fazem marcação cerrada para evitar fraudes no processo.

Quais documentos exigidos para os processos?

foto demonstrando cidadania americana e documentos para imigrantes

Independente de qual seja o tipo de visto americano solicitado, é importante ter em mãos todos os documentos para imigrantes que comprovam sua situação e te tornam apto a morar no exterior. 

Prepare papel e caneta para anotar: 

Passaporte válido; 

Comprovantes de renda;

Diplomas e certificados de escolaridade;

Certidão de nascimento (para a solicitação de residência permanente por parentesco);

Certidão de casamento (para solicitação de residência permanente por casamento);

Contrato de trabalho (para solicitação de visto de trabalho);

Documentos comprobatórios de parentesco; 

Contrato ou matrícula na instituição de ensino. 

Vale lembrar que a lista de documentos solicitados pode variar de acordo com o tipo de visto e outras especificidades. No entanto, em todos os casos é necessário realizar a tradução juramentada dos papéis oficiais para garantir sua validade legal nos EUA.

Dicas para se planejar se que morar nos Estados Unidos

A principal dica para quem pretende se estabelecer nos Estados Unidos, é realizar um bom planejamento financeiro. Isso porque, você vai precisar de uma boa reserva de recursos para se manter até conseguir seu visto e se estabilizar no país.

Outra dica, é organizar e ter em mãos todos os documentos para imigrantes exigidos a fim de comprovar suas intenções nos EUA. Não se esqueça da tradução juramentada, pois a falta dela pode ocasionar em atrasos e até mesmo uma negativa no processo.

Além disso, é indispensável pesquisar sobre a cidade que pretende se estabelecer, bem como os costumes e culturas do país, analisando se estão de acordo com suas expectativas e objetivos. 

No mais, contar com empresas especializadas que poderão te dar todo o suporte para que sua transição seja o mais tranquila e descomplicada possível também fará toda a diferença na sua experiência de viver no exterior.



Open chat