Cidadania italiana e seus benefícios dentro e fora do Brasil

Entenda as vantagens associadas à dupla cidadania italiana e quais os meios para conseguí-la!

Ter um passaporte europeu é sem dúvidas uma das principais formas de conseguir viajar para inúmeros países com muito mais facilidade, menos burocracias e maior tranquilidade. 

Isso porque, a União Européia é uma das maiores potências mundiais e exerce influência sob diversos outros continentes, abrindo as portas para quem possui documentação atrelada aos países que fazem parte do conjunto.

Mas afinal, é possível que brasileiros conquistem o tão desejado passaporte europeu? A resposta para essa pergunta é: sim, é possível através da cidadania italiana ou da solicitação de dupla cidadania para qualquer outro país europeu. 

Quer saber como conseguir o documento e quais são os benefícios para quem o possui? Então continue acompanhando pois é justamente sobre isso que vamos falar no conteúdo de hoje!

O que é a cidadania italiana? 

Para explicar de forma simplificada, a cidadania italiana nada mais é do que um documento que lhe garante os direitos e deveres que um indivíduo italiano nativo possui. 

Com ela, é possível ter participação ativa na economia do país, intervir na formação do governo e ter livre acesso aos demais países que fazem parte da União Europeia, podendo ir e vir sempre que desejar. 

Quem tem direito e pode solicitar?

Segundo as leis italianas, tem direito a solicitar a dupla nacionalidade cidadãos descendentes de italianos que possam comprovar a transmissão de sangue por meio de documentações específicas – certidões de nascimento, casamento e óbito. 

Ao contrário de outros países, não existe um limite de gerações e a regra se aplica a qualquer um que tenha laços sanguíneos comprovados com seus ancestrais. 

Netos, bisnetos, tataranetos e, assim por diante, podem fazer a requisição da nacionalidade dando início ao processo ainda no Brasil por vias judiciais ou podem optar por solicitar o documento diretamente na Itália. 

Vale lembrar que isso é possível pois brasileiros têm entrada liberada na Itália – mesmo que sem a cidadania -, desde que a permanência não ultrapasse os seis meses estipulados para turismo.

Quais são os trâmites para solicitar a cidadania italiana? 

foto mostrando o passaporte que dá direito à cidadania italiana de perto

Conforme explicamos anteriormente, depois de descobrir se tem ou não direito à cidadania italiana, deve-se reunir os documentos necessários para comprovar os laços sanguíneos e dar entrada no processo. 

Se for fazê-lo do Brasil, deve primeiro identificar qual o Consulado Italiano responsável pelo seu estado para então conseguir protocolar sua solicitação. Será necessário monitorar as convocações do Consulado para ver se chegou a sua vez. 

Enquanto isso, deve já ter reunido as papeladas exigidas para que possa apresentá-las no dia da sua convocação. 

É importante ressaltar que o processo, quando feito no Brasil, pode demorar cerca de cinco anos ou mais – dependendo do Estado. 

Já para quem pretende fazer a solicitação diretamente na Itália, o tempo de espera para conseguir a documentação costuma ser bem menor, no entanto, exige mais disponibilidade de tempo e dinheiro. 

Será necessário apresentar os documentos e solicitar o reconhecimento da cidadania, que deverá ser atrelado a uma série de outros trâmites exigidos para validar a solicitação. 

Neste sentido, contar com a ajuda de profissionais especializados certamente é uma saída mais viável para evitar prejuízos financeiros e uma possível negativa das autoridades italianas.

Quais os documentos exigidos no processo?

Basicamente, os documentos solicitados para conquistar a dupla nacionalidade são: 

  • Certidões de nascimento, casamento e óbito;
  • Certidão de naturalização (positiva ou negativa);
  • Documentos pessoais do requerente. 

Vale ressaltar que devem ser apresentados os papéis correspondentes a todos os envolvidos no processo e que, os documentos devem estar com a devida tradução juramentada para serem aceitos. 

Quais os benefícios para quem possui a cidadania italiana? 

Ser reconhecido como cidadão italiano, como já explicamos acima, ajuda a abrir muitas portas não só na Europa, mas em diversos outros países espalhados pelo mundo. 

Para ser mais preciso, é possível entrar em mais de 188 países sem a necessidade de visto de turista, incluindo os Estados Unidos, um dos destinos mais cobiçados pelos brasileiros que desejam morar fora do país. 

Além disso, é possível trabalhar de forma legal em qualquer país da União Europeia, ampliando o leque de oportunidades para quem quer seguir carreira internacional. 

O mesmo vale para aqueles que desejam estudar no exterior, afinal, a Europa possui inúmeras escolas e universidades renomadas, que possuem reconhecimento mundial. 

Com um sistema de saúde que está entre os dez melhores do mundo, viver na Itália com um passaporte europeu também te dá o direito de gozar da saúde pública de qualidade oferecida aos cidadãos, o que, no cenário atual do Brasil, é uma grande vantagem. 

Agora que você já sabe quais são os benefícios de ter a dupla cidadania italiana, não se esqueça de procurar empresas especializadas para te ajudar no processo de conquistar seu passaporte europeu!

Entre em contato com o Click Traduções e solicite já sua tradução de documentos!



Open chat