Tradução juramentada da CNH garante seu direito de dirigir em outro país?

Entenda qual é o processo mais indicado para que sua habilitação seja válida fora do território nacional e se a tradução juramentada é de fato válida

Se você vai viajar para o exterior e deseja se locomover com mais praticidade e segurança, alugar um carro é sem dúvidas uma das opções mais viáveis e confortáveis para aproveitar o passeio. 

Contudo, antes de se programar para sair dirigindo no exterior, é preciso se certificar de que está cumprindo as regras estipuladas em relação à validade da Carteira de Habilitação, procedimento indispensável para se adequar às leis. 

Mas afinal, o que precisa ser feito para que você possa dirigir legalmente em outro país? Quais são os documentos necessários que deve portar? Somente a tradução juramentada é válida nesses casos?

Esclareça essas e outras dúvidas no conteúdo especial que preparamos hoje. Acompanhe!

A CNH brasileira vale no exterior? 

Segundo a Convenção de Viena sobre Trânsito Viário – acordo internacional entre países cujo objetivo é facilitar o trânsito viário -, brasileiros podem dirigir com a carteira de motorista brasileira em todos os países que fazem parte da convenção. 

Dentre os territórios que aceitam o documento, podemos destacar: 

  • América do Sul: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela;
  • América Central: Cuba, Costa Rica, Guatemala, Honduras e República Dominicana;
  • América do Norte: Estados Unidos e Canadá;
  • Europa: Alemanha, Bélgica, Croácia, Dinamarca, Espanha, França, Grécia, Hungria, Noruega, Países Baixos, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Suécia e Suíça;
  • Outros continentes: Angola, Bulgária, Cazaquistão, Croácia, Luxemburgo, Guatemala, Equador, Irã, Israel, Noruega, Nova Zelândia e Panamá. 

Embora aceitem a CNH brasileira, todos os países mencionados acima estipulam um prazo de 180 dias para utilizá-la. Após este período, é necessário que o viajante apresente a PID (Permissão Internacional para Dirigir) e o passaporte válido, juntamente com a carteira. 

O que é e como solicitar a PID?

Como o próprio nome sugere, trata-se de uma permissão concedida aos viajantes que pretendem dirigir em território estrangeiro. 

Essa habilitação internacional é reconhecida e aceita na maioria dos países, o que facilita a apresentação do documento sempre que necessário.

O processo para consegui-la é bem simples e deve ser feito ainda no Brasil, durante a etapa de planejamento da sua viagem. 

A solicitação da Permissão Internacional para Dirigir pode ser feita diretamente no site do Detran – departamento responsável por fiscalizar o trânsito em todo território brasileiro – e sua entrega é feita via Correios. 

Contudo, é preciso sinalizar que os valores cobrados para emissão do documento variam de acordo com o Estado em que você se encontra, por isso, é importante se certificar acerca dos custos envolvidos.

O que é preciso para torná-la válida em território estrangeiro? 

foto de esboço de cnh antes de tradução juramentada

Seja para a Carteira de Habilitação ou para a Permissão Internacional para Dirigir, ambas devem passar pela tradução juramentada para se tornarem válidas fora do território nacional. 

O que vai determinar se você vai usar uma ou outra, é a quantidade de dias que pretende passar no exterior. Em todo caso, precisará contar com a ajuda de um profissional especializado – tradutor juramentado – para realizar a tradução do documento. 

Isso porque, como já é de se imaginar, as informações contidas na habilitação precisam ser compreendidas pelas autoridades que as analisaram, o que fica mais difícil se estiverem escritas em português.

E, por se tratar de um documento considerado oficial, precisa ser traduzido por um profissional habilitado e dotado de fé pública para conferir-lhe a devida autenticidade.

Como fazer a tradução juramentada da CNH? 

O primeiro passo para traduzir a sua CNH é encontrar uma empresa especializada nesse tipo de tradução para que possa fazer a transposição de idiomas das informações. 

Hoje em dia, diversos profissionais já realizam o serviço de forma 100% digital, sem que você precise sair da sua casa, perder tempo com deslocamento ou ainda horas em filas de cartório. 

Ao solicitar um orçamento, você precisará informar a finalidade da tradução, bem como o idioma para o qual deseja fazer a transcrição. 

Feito isso, basta confirmar a contratação do serviço e aguardar que o tradutor juramentado envie o documento com a assinatura digital para que tenha validade internacional. 

Você pode tanto imprimi-lo, quanto utilizá-lo em sua versão digital. Contudo, é preciso se certificar de que o país para o qual está indo aceita essa segunda escolha. 

Quando é necessário tirar a carteira de habilitação internacional? 

Caso a sua intenção seja permanecer de forma definitiva ou por um tempo prolongado no exterior, pode ser necessário conseguir a carteira de habilitação internacional. 

Muitos países oferecem aos imigrantes a possibilidade de realizar uma prova teórica e uma prova prática para que conquistem a licença para dirigir pertinente ao Estado em que está vivendo. 

Vale ressaltar que para isso, no entanto, será necessário apresentar seus documentos pessoais (passaporte válido e carteira de motorista brasileira) e pagar uma taxa referente a emissão do documento.

Entre no site do Click Traduções e solicite já sua tradução juramentada!



Open chat