Brasileiros que tomaram a vacina no exterior precisam de tradução juramentada do comprovante?

Saiba como fica a situação de quem se vacinou no exterior e retornou ao país recentemente e quando fazer a tradução juramentada

Com o avanço da vacinação, cada vez mais estabelecimentos e países passaram a exigir o comprovante de vacina para permitir a retomada das atividades de lazer e turismo, muitas vezes sendo necessária a tradução juramentada desse documento.

No entanto, muitas pessoas vêm encontrando certa dificuldade de comprovar a imunização, principalmente nos casos de brasileiros que tomaram a vacina no exterior e precisam incluir os registros no Sistema Único de Saúde (SUS).

Pensando em esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto, trouxemos um conteúdo completo para você com as últimas novidades. Acompanhe!

Me vacinei no exterior, e agora?

Se você se vacinou no exterior e deseja voltar ao Brasil, o Ministério da Saúde garante que você conseguirá entrar apenas com o teste RT-PCR com resultado negativo ou não detectável.

Além desse documento, o governo brasileiro exige a apresentação da Declaração de Saúde do Viajante (DSV), preenchida em no máximo 24 horas de antecedência ao embarque para o país. 

O comprovante de vacinação contra COVID-19 impresso ou em via digital também é solicitado, sendo necessário que o imunizante esteja aprovado ou pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária ou pela Organização Mundial da Saúde.

É exigido que o viajante tenha recebido a dose completa ao menos 14 dias antes da data de embarque para que seja aceita pelos órgãos competentes no Brasil.

Como comprovar a vacinação no Brasil?

Embora seja permitida a entrada de brasileiros vacinados no exterior, a comprovação que irá tomar a segunda dose, caso ainda não tenha tomado, visitar estabelecimentos ou ainda, sair novamente do país, ainda não está certa. 

Isso porque, o Ministério da Saúde ainda não decidiu como ficará a carteira internacional de vacinação, tampouco como esses registros serão incluídos no Sistema Único de Saúde (SUS).

Para aqueles que precisam tomar a dose de reforço da vacina, a orientação é fazer a tradução juramentada do documento e procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para completar o esquema vacinal.

A tradução também é recomendada para quem vai viajar para outro destino internacional, diferente do qual tomou a vacina, para que seja possível comprovar a imunização. 

O que é a tradução juramentada?

Trata-se de um serviço realizado por um profissional especializado, o tradutor juramentado, destinado à tradução de documentos oficiais que precisam ser utilizados em situações legais no exterior. 

Esse tipo de processo é fundamental para quem deseja imigrar para outro país, seja para um intercâmbio, trabalho no exterior ou até mesmo para viver em terras estrangeiras de forma permanente.

Consiste basicamente em transpor as informações contidas em certidões, passaportes, contratos, extratos bancários, dentre tantos outros documentos, para um segundo idioma utilizado oficialmente no país de destino.

Como realizar a tradução do comprovante de vacina contra COVID-19?

senhora tomando vacina enquanto segura comprovante de vacinação após fazer tradução juramentada.

Conforme mencionamos acima, a tradução juramentada do comprovante de vacinação deve ser realizada por um tradutor juramentado concursado e cadastrado na Junta Comercial de seu estado. 

Nos dias atuais, já é possível encontrar profissionais para fazer este trabalho de forma totalmente digital, sem que você precise se deslocar ou perder tempo com filas e burocracias. 

Na Click Traduções, por exemplo, todo o processo é feito remotamente – desde o orçamento à contratação – garantindo muito mais comodidade e praticidade para quem precisa deste tipo de serviço. 

Além disso, contamos com um grande banco de dados de Tradutores Juramentados e Técnicos, que utilizam das mais modernas e completas ferramentas para entregar sua tradução com a qualidade e eficiência que você precisa. 

O que é preciso para fazer a tradução juramentada do comprovante de vacinação?

Para fazer a tradução juramentada do seu comprovante de vacina emitido no exterior, basta ter o documento em mãos ou em formato digital para torná-lo válido para as autoridades brasileiras e internacionais. 

O próximo passo é pedir um orçamento direto no nosso site, que é feito por meio de um formulário em que você preenche com seus dados pessoais, o arquivo e detalhamento da demanda. 

Feito isso, em pouco tempo você receberá os valores correspondentes ao serviço solicitado. Ao aceitar a contratação, seu documento é enviado imediatamente para um profissional que ficará responsável por executar a tarefa. 

Após a aplicação da nossa exclusiva metodologia, você receberá a versão traduzida e pronta para ser utilizada. 

Viu só como é fácil? Então não perca tempo! Se você se vacinou no exterior e ainda não realizou a tradução juramentada do seu comprovante, entre em contato com a nossa equipe e faça seu orçamento. Será um prazer ajudá-lo(a)!



Open chat