Dicas para realizar sua Eurotrip sem gastar demais!

Saiba como realizar a viagem dos sonhos para Europa sem comprometer seu orçamento!

Viajar e conhecer o mundo é, sem dúvidas, um dos maiores prazeres da vida. Ter o contato direto com novas culturas, idiomas, gastronomia e, é claro, pessoas com costumes diferentes é extremamente enriquecedor. 

No entanto, para tirar esse sonho do papel é necessário realizar um bom planejamento – tanto financeiro, quanto organizacional – principalmente quando falamos em realizar uma eurotrip sem gastar demais.

Isso porque, a Europa está entre os destinos mais desejados, uma vez que confere aos turistas a possibilidade de conhecer vários países em poucos dias e se aprofundar na história do continente europeu. 

Mas afinal, é possível fazer uma Eurotrip sem gastar demais?

A resposta para essa pergunta é bem simples: sim, é possível viajar para Europa, conhecer mais de um país e ainda sim, não deixar suas finanças no vermelho ao final do passeio. 

E, ao contrário do que muitos pensam, não existe segredo ou magia nisso: um bom planejamento financeiro, bem como a organização de um roteiro mais viável é a chave de uma viagem bem sucedida. 

Pensando em te auxiliar com essas questões, separamos a seguir uma série de dicas que vão te ajudar a colocar este plano em prática e realizar a tão sonhada eurotrip. Acompanhe! 

Planejamento e organização

Como explicamos acima, a etapa de planejamento é fundamental para que você consiga realizar sua viagem com tranquilidade e sem gastar além do planejado. 

Defina as datas e os destinos 

Repleta de histórias, monumentos incríveis e belas paisagens, é Europa é sem dúvidas um destino de tirar o fôlego. 

No entanto, ainda que seja fantástico conhecer todos os cantinhos dos países pelo qual você pretende passar, sabemos que isso significará dispor de uma quantia significativamente maior.

Portanto, a ordem dessa etapa é: definir por quanto tempo deseja viajar e quais países imprescindivelmente vai conhecer. 

Leve em consideração a época do ano que pretende viajar, lembrando sempre que períodos de alta temporada costumam ter valores de hospedagem bem mais elevados.

Monte um roteiro de viagem 

imagem mostrando organização de eurotrip sem gastar demais

Com os destinos definidos, é hora de montar um roteiro para sua viagem. Considere os locais que deseja visitar e faça uma planilha para mapear todos os custos envolvidos. 

Passeios, ingressos de museus, passagens para transporte, custos com alimentação e souvenirs, assim como seguro saúde devem ser considerados a fim de entender melhor o orçamento e conseguir se planejar.

Planejamento financeiro

Depois de mapear todos os custos que envolvem sua viagem para Europa, é hora de colocar em prática o plano para tornar o seu sonho financeiramente viável.

Economize nas despesas extras

Às vezes, para realizar os seus sonhos, é preciso abrir mão de algumas coisas, portanto, o ideal é trabalhar na retenção de custos, principalmente no período que antecede a viagem. 

Ainda que queira fazer uma Eurotrip sem gastar demais, deve sempre se lembrar que imprevistos podem surgir e é preciso estar preparado para não passar apuros no exterior. 

Além dos valores já estipulados, considere uma reserva financeira para qualquer situação emergencial que possa surgir.

Busque a melhor cotação de passagens, hospedagem e câmbio

Hoje em dia, com a ajuda da internet, é possível acompanhar em tempo real a cotação de passagens, hospedagens e até mesmo de câmbio a fim de encontrar a opção que se adequa melhor ao seu bolso. 

Sites como o Airbnb também se mostram como excelentes aliados de quem deseja economizar na hospedagem, sem abrir mão de conforto e boa localização. 

Organize as documentações necessárias

De um modo geral, os documentos solicitados para entrar na Europa não são tão diferentes dos exigidos em qualquer outro país. 

No entanto, se você nunca cruzou as fronteiras do Brasil, o ideal é que se programe com antecedência para conseguir organizar a documentação necessária para viajar ao exterior. 

Passaporte e visto 

Imprescindível para embarcar rumo à Eurotrip, o viajante que pretende cruzar as fronteiras precisa estar com o passaporte válido. O processo para conseguir o documento é feito pela Polícia Federal e costuma demorar em torno de 1 a 2 meses para ser concluído.

Já no caso do visto de turismo, só será necessário caso o país que pretende visitar não faça parte do Tratado de Schengen. 

Bulgária, Chipre, Croácia, Irlanda, o Reino Unido e Romênia são alguns dos países que exigem o visto de permanência, sendo indispensável providenciar a documentação antes de passar pelo território.

Carteira de vacinação

A carteira de vacinação é obrigatória para entrada e permanência em países da Europa. Contudo, as vacinas exigidas variam de acordo com cada país, sendo necessário se informar sobre cada um dos seus destinos. 

Certifique-se de tomar as doses com certa antecedência, tendo em vista que para determinados imunizantes, há um prazo e um protocolo a ser seguido.

Tradução juramentada

A fim de facilitar a compreensão das autoridades no exterior, você pode realizar a tradução juramentada dos seus documentos antes de embarcar para a aventura. 

Isso porque, a tradução de documentos como a carteira de vacinação, por exemplo, pode ajudar no caso de emergências médicas, tais como reações alérgicas e outras situações. 

Nestes casos, os profissionais de saúde conseguiram compreender seu histórico médico com muito mais facilidade, conseguindo um diagnóstico mais rápido e preciso. 

Seguro viagem

Por último e não menos importante, contrate um bom seguro viagem para estar resguardado caso aconteça algum imprevisto. 

Na internet, é possível encontrar boas apólices com preços acessíveis, afinal o objetivo é fazer uma Eurotrip sem gastar demais, mas sem deixar de lado a saúde, segurança e bem-estar. 

Acesse o site do Click Traduções e faça a solicitação da sua tradução de documentos agora mesmo!



Open chat