Como funciona a emissão de um passaporte?

Descubra como funciona o processo de emissão de passaporte e veja como se preparar para a sua próxima viagem internacional!

Ter o seu passaporte em mãos pode ajudar a aliviar o estresse da viagem. Seja para visitar, estudar ou trabalhar no exterior, muitas pessoas precisam desse documento internacional para serem admitidas em um país estrangeiro.

Mas como funciona o processo de emissão de um passaporte e como a tradução juramentada com assinatura digital poderá ajudar?

Embora pareça algo extremamente complexo, você vai ver que com o direcionamento adequado, todo o processo se torna extremamente simples e rápido.

E é exatamente sobre esse passo a passo que falaremos hoje! Mas antes, vamos contextualizar algumas coisas…

O que é um passaporte?

Este documento serve como garantia para o credenciamento da identidade e nacionalidade das pessoas, permitindo viagens internacionais.

O passaporte tem aparência física semelhante em todos os países e sempre contém dados pessoais como nome, sobrenome, número individualizado ou fotografia.

Nas viagens ao exterior, o documento do passaporte é carimbado no país que está sendo visitado, para fins de controle de fronteira.

No Brasil, todo o processo de emissão fica sob responsabilidade da Polícia Federal.

O passaporte é um documento:

  • Público;
  • Individual;
  • Pessoal;
  • Intransferível.

Passaporte não é a mesma coisa que um visto

Um visto é uma permissão temporária para um portador de passaporte viajar para um país diferente daquele para o qual ele ou ela possui o passaporte.

Como funciona o processo de emissão?

Caso você ainda não tenha seu passaporte, preparamos um breve guia sobre todo o processo de emissão, da solicitação até a retirada.

Basta acessar o site da Polícia Federal e seguir os passos a seguir. 

1 – Preencha a solicitação

Você precisará fazer a solicitação para dar início ao processo. Portanto, o primeiro passo é acessar o site da Polícia Federal. São cerca de quatro páginas que solicitam aos usuários diversas informações, que incluem, documentação, dados complementares e alguns detalhes pessoais.

Essa etapa tende a ser uma das mais rápidas de todo o processo. Basta ter os dados solicitados em mãos e preencher o formulário.

Em seguida, basta confirmar tudo e guardar seu protocolo, sua solicitação e o boleto da Guia de Recolhimento da União (GRU) para pagamento.

2 – Pague as taxas

Assim que preencher o formulário anterior, será necessário o pagamento do boleto da GRU.

Atualmente, o valor é de R$257,25. Só é possível dar sequência no processo de emissão após o sistema confirmar que tudo está ok.

Geralmente, o acesso é liberado no dia seguinte ao pagamento, quando é feita a compensação bancária.

3 – Agende o atendimento

Assim que o pagamento for confirmado, será necessário retornar ao site da PF para agendar sua visita até o posto de atendimento de sua preferência.

Essa etapa também é bem simples. Basta preencher as informações solicitadas e escolher a melhor opção dentre as localizações e horários disponíveis.

4 – Reúna os documentos

Quando o dia da sua visita chegar, será necessário ir até o posto da Polícia Federal escolhido anteriormente. Recomendamos que você leve junto os seguintes documentos:

  • Documento de Identidade (RG, CNH, Carteira de Trabalho ou até mesmo o passaporte anterior);
  • CPF;
  • Certidão de Casamento
  • Certificado de Naturalização.

Caso você já tenha um passaporte, leve-o também! Caso contrário, será cobrada uma taxa adicional de R$257,25.

Como agora as fotos serão feitas diretamente no local, não se preocupe em levar uma fotografia 3 x 4. Durante a visita, você também fará o processo de coleta de suas digitais e assinatura.

5 – Retire o passaporte

Depois de passar por todos os passos anteriores, basta aguardar o prazo estabelecido e voltar para fazer a retirada do seu novo documento.

Apenas o titular poderá fazer essa etapa do processo. Se por acaso o solicitante for menor de idade, é necessário que eles compareçam acompanhados de seus respectivos responsáveis legais.

Se você não fizer a retirada do documento em até 90 dias, seu passaporte será cancelado, então é muito importante prestar atenção nesse detalhe. Outra informação relevante é sobre o prazo de validade, que agora é de 10 anos.

Dúvidas comuns

Mãos de homem digitando em notebook com câmera, passaporte e avião de brinquedo ao lado.

Aqui estão algumas das dúvidas mais comuns das pessoas que estão prestes a tirar seu primeiro passaporte e necessitam da tradução juramentada com assinatura digital:

Quem pode solicitar o passaporte brasileiro?

Qualquer cidadão brasileiro, nascido ou naturalizado.

Onde solicitar o passaporte brasileiro?

A autoridade responsável pela emissão do passaporte no Brasil é a Polícia Federal. No exterior, o procedimento pode ser realizado nas repartições consulares do Brasil.

É necessário fazer agendamento prévio?

Sim. O agendamento deve ser feito na página oficial da Polícia Federal.

O brasileiro, filho de pais estrangeiros, pode solicitar o passaporte brasileiro?

Sim, mediante apresentação da documentação necessária.

Caso sua dúvida não esteja aqui, o ideal é que você consulte o site oficial da Polícia Federal. Lá você encontrará as respostas para qualquer tipo de pergunta que possa ter sobre o processo de emissão.

Por que preciso de um passaporte?

Os passaportes são necessários se você deseja viajar para o exterior, pois eles verificam sua identidade e nacionalidade. Eles garantem ao portador passagem segura e proteção em um país estrangeiro.

Normalmente, você deve apresentar seu passaporte várias vezes no aeroporto, se for de avião, e na fronteira, se estiver viajando de carro. Além disso, você também pode precisar de um visto para entrar no seu país de destino.

Sem contar que um passaporte é seu principal documento de identificação no exterior. Você pode usar seu passaporte como identificação fora do aeroporto. 

No entanto, não recomendamos que você carregue seu passaporte diariamente ou para sair à noite, pois substituir um passaporte perdido pode ser caro e demorado.

Se precisar de ajuda, conte com especialistas!

Portanto, agora que você já sabe qual é a importância de ter um passaporte, separe a papelada necessária, faça a tradução juramentada com assinatura digital dos documentos solicitados e dê início ao processo de se tornar uma pessoa com acesso a todas as fronteiras do mundo!

Quando esse momento chegar, conte com a Click Traduções para ajudá-lo durante esses procedimentos!



Open chat